a fome

A Fome | fotografia de Morgana Mazzon
A Fome | fotografia de Morgana Mazzon

A Fome | fotografia de Morgana Mazzon
A Fome | fotografia de Morgana Mazzon

A Fome | arte gráfica de Martino Piccinini
A Fome | arte gráfica de Martino Piccinini

A Fome | fotografia de Morgana Mazzon
A Fome | fotografia de Morgana Mazzon

1/7

Vencedor do Edital Ponto de Teatro do Instituto Ling, A FOME é um monólogo escrito por Marcos Contreras e Sissi Betina Venturin, também atriz do espetáculo, com direção de João de Ricardo. Entre revelações pouco palatáveis e a exposição de uma fome voraz pela vida, A FOME incorpora circunstâncias míticas e críticas sobre o feminino numa performance-limite entre o ritual e o cyber. É o dia derradeiro, um rito de passagem que necessita ser concluído, custe o que custar. Refletindo sobre relações amorosas e familiares atordoantes, o espetáculo mostra esta mulher sem nome nem espaço que se dilata guiada por uma chama primitiva e implacável. Pelos dentes irá descobrir a forma mais intensa de consumir o amor, o outro e sua sombra.

Neste projeto, a Cia. Espaço em BRANCO dá sequência à investigação de um espetáculo colaborativo que cresça no contato com o outro, dialogando com a fruição criativa do espectador e propondo-se a ser uma experiência sensorial, crítica e poética. Durante o desenrolar da situação dramatúrgica performance, o relato é violento, irônico e absurdo. O espetáculo percorre o percurso da apresentação cênica de um instinto primal, a fome, que nasce do caos e incorpora-se com a força de uma deusa pagã em uma mulher. A personagem mostra-se em pedaços: boca, vagina, cabeça, uma mulher que fala sem parar, parente próxima dos personagens de Beckett. Utilizando-se de tecnologias de som e vídeo ao vivo, o espetáculo potencializa as imagens cênicas e paisagens sonoras geradas pela atriz, fazendo do texto dito uma tessitura multissensorial que dirige-se aos espectadores como um todo: razão e instinto, ego e inconsciente, almas e corpos.

ficha técnica

Direção: João de Ricardo

Atuação: Sissi Betina Venturin e João de Ricardo

Dramaturgia: Marcos Contreras e Sissi Betina Venturin

Trilha sonoraDaniel Roitman e grupo

Iluminação: Carol Zimmer (stand-by Leandro Gass)

Vídeos: Jana Castoldi

Figurinos e produção: João de Ricardo e Sissi Betina Venturin

Realização: Cia. Espaço em BRANCO

Arte gráfica: Martino Piccinini

Fotografia do cartaz: Morgana Mazzon

Classificação indicativa: 18 anos

Duração: 70 minutos