andy/edie

Andy/Edie cartaz
Andy/Edie cartaz

press to zoom
Andy/Edie | fotografia de Bruno Gularte Barreto
Andy/Edie | fotografia de Bruno Gularte Barreto

press to zoom
Andy/Edie | fotografia de Bruno Gularte Barreto
Andy/Edie | fotografia de Bruno Gularte Barreto

press to zoom
Andy/Edie cartaz
Andy/Edie cartaz

press to zoom
1/7

Nova York, 1965.O artista pop ANDY WARHOL conhece EDIE SEDGWICK, uma garota de apenas 22 anos, linda, rica, amiga de celebridades e possuidora de algo que foi definido por ele como “Glamour Elétrico”. Nesta mesma época Edie mantinha uma relação conturbada com o jovem músico BOB DYLAN, que não fazia questão de esconder seu desprezo por Andy e seu desagrado pela amizade entre a jovem modelo e o mestre da POP ART. Este foi o contexto para uma das temporadas mais loucas e cruéis que se tem notícia na história da cultura contemporânea.

 

Em 2006, a Cia. Espaço em BRANCO foi premiada com o Edital de Ocupação do Teatro de Arena de Porto Alegre, concedido pela Secretaria Estadual de Cultura com objetivo de viabilizar a montagem de espetáculos inéditos. O grupo ocupou o Teatro de Arena por quase um ano, promovendo atividades diversas como shows musicais, encontros de discussão estética, além do espetáculo ANDY/EDIE, texto inédito do dramaturgo Diones Camargo e premiado no Concurso Nacional de Dramaturgia FUNARTE 2005, uma reflexão sobre POP ART e seus reflexos na cultura contemporânea.

 

ficha técnica

Direção e videografia: João de Ricardo

Texto: Diones Camargo

Elenco:
 Sissi Venturin, Rodrigo Scalari, Lisandro Bellotto, Alexandra Dias, Michel Capeletti e Ravena Dutra

Figurino: Lucia Pannitz

Trilha Sonora: Filipe Catto 

Cenário: João de Ricardo e Felipe Helfer

Iluminação: Jô Fontana 

Vídeos: Bruno Gularte Barreto, Marcos Contreras e João de Ricardo

Fotografias: Bruno Gularte Barreto