tem gente teatrando

tem tente teatrando | lendas de enganar a morte | foto hugo araújo
tem tente teatrando | lendas de enganar a morte | foto hugo araújo

press to zoom
tem gente teatrando | escravos de jó | foto luciana corso galiotto
tem gente teatrando | escravos de jó | foto luciana corso galiotto

press to zoom
tem gente teatrando | o torto e seu duplo | foto sara fontana
tem gente teatrando | o torto e seu duplo | foto sara fontana

press to zoom
tem tente teatrando | lendas de enganar a morte | foto hugo araújo
tem tente teatrando | lendas de enganar a morte | foto hugo araújo

press to zoom
1/3

A Companhia Tem Gente Teatrando (Caxias do Sul/RS) iniciou seus trabalhos em 1989, sob a coordenação da atriz e diretora Zica Stockmans. Nestes 30 anos, a Tem Gente Teatrando circulou com espetáculos teatrais por todo o país, participando de importantes festivais de Artes Cênicas. Entre eles: Caxias em Cena (1998, 2001, 2003, 2007, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2016 e 2017), Festival do MERCOSUL (2001, Argentina), Rio Grande no Palco (2003), Palco Giratório (2006), Porto Verão Alegre (2006, 2007, 2017 e 2019), Porto Alegre em Cena (2007), Teatro a Mil- Sesc (2012 e 2013), entre outros.

 

Destacam-se os seguintes espetáculos: “Sou Absolutamente Dona do Meu Nariz” (2001), de Vera Karan e direção de Mauro Soares, “A Farsa da Esposa Perfeita” (2004), de Edy Lima e direção de Camilo de Lélis, “O Defunto e os Quase Mortos” (2006), livre adaptação dos textos de Harold Pinter e René de Obaldia e direção de Zica Stockmans, “Navalha na Carne” (2007), autoria de Plínio Marcos e direção de Mauro Soares, “A Mandrágora” (2009), de Maquiavel e direção de Jacqueline Pinzon, “O Torto e Seu Duplo” (2010), direção e dramaturgia de Zica Stockmans, “Memórias de uma Solteirona” (2011), dramaturgia de Zica Stockmans e direção de Sandro Martins, “Escravos de Jó” (2012), autoria de Carlos Carvalho e direção de Zica Stockmans e “Lendas de Enganar a Morte” (2018), com direção e dramaturgia de Zica Stockmans.

 

 

oficina

 

A partir dos processos de criação dos espetáculos “Escravos de Jó”, o “O Torto e Seu Duplo” e “Lendas de Enganar a Morte”, Zica Stockmans, fundadora e diretora da Companhia Tem Gente Teatrando, irá propor alguns exercícios e um momento de discussão com os alunos.

 

Os três espetáculos tiveram processos que colocaram as atrizes e atores em uma imersão. Despidos de suas roupas cotidianas e experimentando uma nova relação com o espaço físico, adentraram no estado de jogo e criação. Nesta oficina, levando em consideração os recursos e as possibilidades do online, Zica irá propor atividades que levem os alunos até este estado de jogo. Dessa forma, a oficina mescla relatos dos processos da companhia e uma atividade prática, que resultará em um pequeno produto final para cada aluno.

QUANDO: 15 e 16 de abril de 2021 (qui e sex)

HORÁRIO: 14h às 18h

online e gratuita através da plataforma Zoom

 

[inscrições encerradas para esta oficina]

Links do grupo

http://temgenteteatrando.com.br/

https://www.instagram.com/temgenteteatrando/

https://www.facebook.com/temgenteteatrando